• Be Brasil
  • Indústrias criativas

mar 09, 2018
Indústrias criativas

Apex-Brasil leva 77 empresas brasileiras à conferência SXSW 2018

Com o objetivo de mostrar a força e a diversidade da indústria criativa brasileira para o resto do mundo, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) leva 77 empresas nacionais à Conferência South by Southwest, um dos mais influentes eventos de música, cinema e mídia interativa do mundo.

A delegação deste ano será a maior já levada pelo Brasil desde 2014, quando a Apex-Brasil começou a apoiar o evento, e a segunda maior delegação estrangeira do evento – atrás apenas do Reino Unido.

A SXSW 2018 acontece entre os dias 9 e 18 de março em Austin, no Texas. A Apex-Brasil vai aproveitar a oportunidade para divulgar a indústria criativa brasileira por meio de uma série de eventos e iniciativas. “O SXSW é uma plataforma para promoção da imagem brasileira e uma oportunidade para reunir os principais atores da indústria criativa. Além disso, o mercado americano se destaca em oportunidades para a indústria audiovisual, de tecnologia da informação e arte contemporânea, afirma Márcia Nejaim, Diretora de Negócios da Apex-Brasil.

Nejaim afirma que, “por meio de reuniões e contatos,” a agência espera que a participação na SXSW vá atrair mais de 41 milhões de dólares em novos contratos.

Para atingir esse objetivo, a Apex-Brasil criou a campanha BeBrasil, e vai realizar uma série de eventos entre os dias 11 e 14 de março, com performances ao vivo de bandas nacionais e entrevistas com influencers e especialistas brasileiros. A cobertura completa desses eventos será veiculada nas redes sociais da agência.

Este ano, a Apex-Brasil se aliou a algumas das maiores empresas brasileiras. A agência se reúne com a imprensa americana em um almoço na churrascaria Fogo de Chão. O espaço, que terá a fachada decorada com obras do artista Kobra, também vai receber um happy hour para convidados. Outro espaço levado pela Apex-Brasil é um spa em parceria com a Natura, e o Lounge Brasil, um espaço de coworking para empresas brasileiras.

Falando à imprensa brasileira, a publicitária Luciana Bazanella – que já foi à SXSW cinco vezes, observou o crescimento contínuo da presença brasileira no evento. “Esta conferência tem um nível de convergência como nenhuma outra. É informal, irreverente e criativa: o que se encaixa perfeitamente no nosso mercado”.

A indústria criativa brasileira é conhecida pela diversidade e habilidade para ousar e trazer soluções inovadoras – e é isso que a delegação brasileira quer levar ao público internacional.

A South by Southwest foi criada em 1987, e se tornou um dos festivais mais importantes do mundo, reunindo vários eventos simultâneos, como o SXSW Music (o maior festival de música do mundo), o SXSW Film e o SXSW Interactive – conhecidos celeiros para ideias inovadoras e tecnologias criativas. No ano passado, a SXSW atriu 421.900 participantes, sendo que quase 71 mil também estiveram nas conferências de música, cinema e interatividade.