• Be Brasil
  • Inovação e tecnologia

fev 23, 2018
Inovação e tecnologia

Agrotech brasileira considerada uma das 15 melhores do mundo

InCeres, uma startup agrícola (ou agrotech) com sede em São Paulo, foi escolhida uma das 15 melhores startups do mundo. O ranking for elaborado pelo programa de aceleração Agro Innovation Lab, sediado em Munique, na Alemanha.

A InCeres foi fundada em Piracicaba, no Vale do Piracicaba, um ecossistema de inovação também conhecido com o Vale Agrotech, por ser um dos maiores hubs de inovação agrícola do Brasil. A empresa começou desenvolvendo softwares para a chamada agricultura de precisão, com o objetivo de transformar a agricultura tradicional em uma atividade mais dinâmica e fácil – aumentando as possibilidades de desenvolvimento.

Os produtos da empresa prometem aumentar a capacidade de processamento de dados de cada empresa em 10 vezes em relação à concorrência, permitindo ainda o compartilhamento de dados em tempo real. A lista de clientes inclui o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Mato Grosso (Senar/MT), e pequenos e médios produtores, como a Bela Agrícola, Coplacana-Afocapi and Agropazinato.

O Agro Innovation Lab é uma plataforma alemã criada por dois dos principais nomes do agronegócio mundial, a BayWa e a RWA. O programa de aceleração da plataforma oferece a startups promissoras um extenso leque de contatos e recursos, além de know-how empresarial e agrícola.

Cerca de 350 startups participaram da primeira fase do programa de aceleração, passando por 4 estágios de competição até a fase final. InCeres ficou em 15º lugar logo na primeira participação – superando todas as expectativas.

“É muito importante ter reconhecimento no mercado pelo que estamos construindo aqui”, afirmou Leonardo Menegatti, CEO da InCeres, em uma entrevista ao SEGS. “Isso mostra que a solução proposta pelo InCeres está adaptada a qualquer realidade e pode solucionar problemas em escala global”.

No ano passado, a InCeres participou da Copa do Mundo de Startups, um evento anual organizado pela Fenox Venture Capital, dedicado a lançar as mais inovadoras startups do mundo. A cada ano, a competição oferece um prêmio de 1 milhão de dólares em financiamento. A InCeres ficou entre as 11 melhores startups do Brasil.

“Ser parte desse evento foi uma excelente experiência, e independentemente do resultado, nós pudemos absorver experiências para melhorar nosso produto”, disse Menegatti.

A competição inclui startups de vários setores, o que garantiu um intercâmbio de experiências.  Quando saímos do meio das agrotechs para competir com empresas de outro setor – de logística à medicina ou fintechs – nós somos avaliados de acordo com a solidez do nosso modelo de negócios”, explica Menegatti. “Estar entre os melhores foi certamente uma vitória”.